Principal / Cristiane França / A Profª Cristiane França apresenta a Designer polonesa Dorota Kabala que veio ao Brasil aprender a shapear e virou capa de revista em sua terra natal.
A Profª Cristiane França apresenta a Designer polonesa Dorota Kabala que veio ao Brasil aprender a shapear e virou capa de revista em sua terra natal.

A Profª Cristiane França apresenta a Designer polonesa Dorota Kabala que veio ao Brasil aprender a shapear e virou capa de revista em sua terra natal.

Dorota Kabala é designer do studio “We Design For Physical Culture” na Polônia, onde faz projetos para desenvolver artigos esportivos. Após algumas experiências no surf e uns dias no Brasil ela resolveu desenvolver um projeto para fazer pranchas de surf, veio aprender a shapear no Brasil e virou capa de revista na Polônia. Abaixo ela nos conta como tudo isso aconteceu.

Surfei pela primeira vez na Nova Zelândia e logo pensei, “Gosto disso” , dentro d água sempre me senti muito a vontade, pratiquei nado sincronizado profissional por muitos anos. Depois fui surfar em Portugal e Porto Ventura mas eu era bem iniciante mesmo. Quando vim ao Brasil por causa de um projeto eu tive vontade de surfar novamente, então um amigo meu me indicou uma escola, Escola Zecão de Surf foi lá onde consegui evoluir muito rápido no surf.

Quando eu cheguei a Escola do Zecão e comecei a fazer aulas, surgiu a vontade de aprender a fazer prancha, pois como design de de equipamentos esportivos, tive muita curiosidade em conhecer o processo de fabricação e também a arte envolvida numa prancha, pois as etapas para se fazer uma prancha são manuais, e o fato de eu poder colocar minha energia para fazer um equipamento que usarei para surfar me deixou muito entusiasmada. Eu acredito o que o surf é diferente dos outros esportes, justamente pelo contato manual que existe na hora fazer a prancha, e pelo cuidado que todos os surfistas tem com as suas pranchas, por ser um material muito sensível eles cuidam como se fossem bebês. Quando eu descobri que estava hospedada na pousada de um shaper (Zecão) e que ali tinha uma oficina, pensei… é minha oportunidade! Com tudo isso surgiu a oportunidade de fazer uma matéria numa revista de designer na polônia.

Quando surfei a primeira vez com a minha prancha foi como mágica, não sei explicar, pois eu consegui pegar sozinha mais de uma onda no mesmo dia, e quando surfo com ela, e na água começo a lembrar de quando eu estava fazendo-a, é uma sensação muito boa.

Na Polônia, pratico natação e também TRX, isso é muito útil para melhorar o meu surf, pois quando viajo para o litoral só tenho alguns dias para surfar e com esses treinos fora da água me sinto disposta e forte capaz ficar dentro da agua o dia todo.

O surf é importante também por causa do meu trabalho, quando fazemos design para esportes de agua é importante que eu tenha experiência nesses esportes. Por isso faço também o kitesurfe, navegação a vela e mergulho. O surfe é o meu esporte preferido, gosto tanto que tento convencer todas as pessoas que conheço a praticar este esporte, porque mesmo que seja difícil, é muito engraçado tentar desde a primeira aula. Estou segura que é importante aprender com bom professores desde o começo.

IMG_0796

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo