Principal / Fabio Maradei / Categoria pro-am abre as disputas da 2ª etapa do Rip Curl Guarujá Open 2017, na Praia das Astúrias.
Categoria pro-am abre as disputas da 2ª etapa do  Rip Curl Guarujá Open 2017, na Praia das Astúrias.

Categoria pro-am abre as disputas da 2ª etapa do Rip Curl Guarujá Open 2017, na Praia das Astúrias.

Foto: Silvia Winik

 image007

Uma das novidades deste ano e reunindo alguns dos principais talentos locais, a categoria pro-am abre as disputas da 2ª etapa do Rip Curl Guarujá Open de Surf 2017, nesta sexta-feira (1º), na Praia das Astúrias. A competição segue até domingo (3), reunindo 11 categorias. A expectativa é de ondas de boa qualidade, com a chegada de um novo swell.

A primeira bateria do evento, às 8 horas, já terá o atual supercampeão do Circuito, Luan Hanada e também um dos expoentes da Cidade, Junior Siqueira, que fez final do Paulista Júnior, em Ubatuba, além de Felipe Tavares e Elton dos Santos. Ainda na sexta-feira, entram no mar os atletas da mirim, júnior e iniciante.

No sábado, o evento recomeça às 8h com o longboard e a grande atração do dia será às 13h30 com a Re/Max Session, uma bateria sem regras, valendo o show dos surfistas, com a manobra mais radical, premiada com R$ 500,00. No domingo, a competição tem início no mesmo horário, com as finais realizadas das 10h às 13h30.

Entre os atrativos da etapa, estará a master, reunindo desde grandes nomes do surf, como Jojó de Olivença, que tem no currículo o bicampeonato brasileiro, a presença na elite mundial do WCT, entre 1993 e 98, além do vice mundial master e vice grand master, o próprio Amaro Matos, Kias de Souza, a surfistas que estão chegando agora na categoria, para atletas acima dos 35 anos. Entre os exemplos estão Dárcio Dias, que comemorou a primeira vitória na faixa etária na etapa passada, e Pedro Regatieri, Robert Lima, Anderson Robert e Rodrigo Silva.

Vale lembrar que na etapa inicial, realizada na Praia do Guaiúba, além de Dárcio Dias, entre os “veteranos”, Gustavo Ribeiro faturou a pro-am, enquanto que Giovani Pontes ficou em segundo lugar e também levou a júnior. Na longboard e iniciante, uma dobradinha de pai e filho, com Amaro Matos e Derek sendo os melhores.

A disputa feminina marcou a volta de Juliana Meneghel, em grande estilo. Na base, Pedro Pupo foi o vencedor da mirim, Roberto Alves foi o primeiro colocado da estreante e Ryan Coelho, na petit. No Sup Wave o lugar mais alto do pódio ficou com um campeão mundial, Leco Salazar.

O Rip Curl Guarujá Open 2017 é apresentado pela ASG. Patrocínio: Sucos Do Bem. Apoios: Prefeitura Municipal de Guarujá, através da Secretaria de Esportes e Lazer, Imobiliária Re/Wax Beach Home Leads, Faup Comunicação Visual, Ocean Travel, Millenium, Rip Wave, CFour Shaper Supply, Fu Wax, CT de Surf Lugar ao Sol, Colégio Don Domênico, Cross Fit Guarujá, Subway e Restaurante Saborear Pitangueiras. Supervisão: Federação Paulista de Surf. Divulgação FMA Notícias e Revista Hardcore.

image008

Por: Surf Today / fonte: 

image004 (2)

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo