Principal / Fabio Maradei / Diretores da AntiQueda, Paulinho e Marcelo serão os homenageados no 21º A Tribuna de Surf Colegial
Diretores da AntiQueda, Paulinho e Marcelo serão os homenageados no 21º A Tribuna de Surf Colegial

Diretores da AntiQueda, Paulinho e Marcelo serão os homenageados no 21º A Tribuna de Surf Colegial

 Marcelo e Paulinho Antiqueda. Foto: Fábio Maradei

image001

Foram 20 anos de patrocínio, duas décadas investindo no campeonato e, sobretudo, na filosofia de unir o surf e a educação. A surfwear AntiQueda iniciou a parceria com o Circuito A Tribuna de Surf Colegial ainda na edição inicial, em 1986 e ajudou a construir a imagem positiva do evento, que se tornou referência na modalidade, por sua proposta de incentivar a educação entre os surfistas.

Neste domingo (27), o campeonato chega à sua 21ª edição consecutiva e para os diretores da marca será, sem dúvida, um momento de grande emoção. Paulo Sergio Nogueira Lopes, o Paulinho, e Marcelo Kassardjian, serão os homenageados no evento, pela contribuição para o crescimento e para construir a imagem positiva do surf. A iniciativa é do diretor-presidente da Tv Tribuna, Roberto Clemente Santini, criador do Circuito.

A menção é uma tradição desde 2002 e já evidenciou e lembrou grandes nomes como irmãos Almir e Picuruta Salazar, os irmãos Twin (Carlos e Eduardo Argento), os irmãos Wolthers (John e Christian), os irmãos Matos (Neno, Paulo e Amaro), Jojó de Olivença e Piu Pereira, que sempre se destacaram em grandes disputas.

Também organizadores que formaram a estrutura hoje conhecida, como Antonio Jorge Pereira Nóbrega, Fábio Boturão, o Jacuí, Marcos Bukão (diretor do Circuito), Sérgio Gadelha e Diniz Iozzi, o Pardhal. Outro grande destaque da galeria de ilustres é o campeão mundial do WCT de 2015, Adriano de Souza, que teve como primeiro título de destaque o A Tribuna Colegial, no início de sua trajetória, no final da década de 90.

“O Paulinho e o Marcelo são grandes parceiros e foram muito importantes nesses anos todos do Circuito. Ajudaram a consolidar o nosso evento, estavam sempre prontos a ajudar. Quando apresentamos a ideia a eles, abraçaram e investiram no campeonato. São parte importante dessa trajetória e essa é uma justa homenagem a uma marca que nasceu em Santos e sempre investiu no surf”, afirma Roberto Santini.

Tanto Paulinho quanto Marcelo revelam terem ficado surpresos pela homenagem e não escondem a emoção. “O surf colegial já está no nosso coração, é como se fosse um filho nosso. Não imaginávamos, quando o Circuito foi criado, que seria algo tão grandioso. Que geraria mais de 50 bolsas de estudos para surfistas estudarem em boas escolas, professores se aprimorando nas regras do surf”, lembra Paulinho.

“Foi uma das grandes parcerias que tivemos e continuaremos tendo com o Grupo A Tribuna. Estou muito lisonjeado com essa homenagem. Foi uma surpresa para a gente e no momento que soube, veio a emoção Não tenho palavras para agradecer”, complementa o empresário, lembrando outras duas pessoas importantes nesses 20 anos de patrocínio, Sonia Nicastro, que também foi sócia da AntiQueda, e Paulo Livramento, o Paulão, da área de marketing e criação. “A equipe toda sempre se envolveu nesse projeto”, diz.

Marcelo também reforça o coro de agradecimento pela homenagem. “Sempre tivemos muito carinho e sempre ficou no nosso pensamento todos esses anos. Um evento que faz parte do nosso dia a dia. Estamos felizes por estar associados a pessoas que fizeram muito pelo esporte como os irmãos Wolthers, Salazar, Twin o Jacuí. Uma galera que realmente está na memória de todos os surfistas. Felicidade imensa”, comemora.

O empresário destaca que o A Tribuna continua sendo o campeonato mais importante da região e que serve de exemplo para o Brasil. “O A Tribuna sempre é coroado com esse pensamento de estreitar o estudo com o surf. Vários exemplos que vem se destacando, como o próprio campeão mundial Adriano de Souza, Caio Ibelli, Jessé Mendes, Deivid Silva e mais recentemente Vitor Mendes, Victor Bernardo e Eduardo Motta. A lista é imensa. Tenho certeza de que o formato do evento tem tudo para continuar revelando atletas de muito potencial e que seguem preparados por estarem nas escolas”, acrescenta Kassardjian.

Ele explica que hoje a AntiQueda passa por uma reformulação no seu modelo de negócio, agora com o licenciamento. “A nova forma de trabalho é muito mais voltada à gestão do que pensar na questão produtiva. Lógico, sem deixar de acompanhar a qualidade dos produtos e pensando muito no desenvolvimento da marca”, revela. “Estamos recomeçado com licenciamento. Está indo bem, já deu uma reagida nas vendas. Estamos nos adaptando a esse novo formato e em breve estaremos com novas parcerias”, completa Paulinho.

Com chancela da Confederação Brasileira de Surf e supervisão da Federação Paulista de Surf, o 21º A Tribuna de Surf Colegial será disputado domingo (27), na Praia do Tombo, em Guarujá, reunindo surfistas das categorias iniciante (até 14 anos), mirim (no máximo 16 anos), júnior e feminina (ambas com limite de 18 anos). Todos regularmente matriculados em escolas da Baixada Santista e Vale do Ribeira, reconhecidas pelo MEC.

A competição tem início marcado para 7h30, com as semifinais a partir das 13h e as finais das 15 às 16h20. Novamente, uma das atrações será a disputa entre escolas, entre o Adélia Camargo Corrêa, 13 vezes campeã por equipes, e o Don Domênico, pentacampeão. Nomes de ponta estarão na competição como Alax Soares, Ihgor Sant’Anna, Kim Matheus, Luan Hanada, Vinicius Parra, Gustavo Giovanardi e Louisie Frumento.

As baterias já estão disponíveis no site da Federação Paulista de Surf – www.fpsurf.com.br e o regulamento no site da Triesportes –www.triesportes.com.br.

image002

Por: Surf Today / Fonte: 

cópia de image002 (1)

 

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo