Principal / Edú Marron / Edú Marron e as suas vertentes artísticas.
Edú Marron e as suas vertentes artísticas.

Edú Marron e as suas vertentes artísticas.

Pouca gente prestou a atenção no rapaz negro, de visual à la Jimi Hendrix, montando seu equipamento no estande pequeno da Acedo Áudio na ExpoMusic 2013, uma das boas fábricas de amplificadores do Brasil.

Ignorando o calor, Edú Marron empunhou sua guitarra de forma invertida – canhoto como o ídolo Hendrix – e mandou ver um funky rock instrumental der primeira qualidade com seu quinteto, com direito a intervenções precisas do bom gaitista Alberto Alves. Imediatamente um pequeno público se amontoou para ver a música com timbres cristalinos e limpos. E tudo ali, de graça…

Edú Marron é um dos mestres da guitarra brasileira atual. Jovem, faz questão de procurar o novo, o inusitado, e mistura tudo, do blues, que está no seu DNA, ao funk, ao jazz, ao rock, à MPB, ao rap…

Ex-skatista profissional, Marron tem sua trajetória musical parecida com a do ex-surfista Jack Johnson, hoje um nome gigante do mercado internacional fazendo uma mistura de folk e pop ao violão acústico. O brasileiro, entretanto, gosta mesmo é de eletricidade.

john lennon- edumarron

Ainda que Hendrix seja uma referência óbvia e celebrada, o guitarrista faz questão de destacar a sua versatilidade. “Algum Lugar”, seu mais recente álbum, que é duplo, traz uma mistura bem variada de funk, samba, groove e o que ele chama de swing brasileiro, incluindo música eletrônica, hip hop, groove/rock.

O guitarrista tem outras facetas, além de tocar e andar de skate. É um designer e um artista gráfico de excelente qualidade, um dos profissionais do ramo mais requisitados de São Paulo, e que está expondo um pouco deste seu lado em eventos culturais multimídia.

Ele exibiu alguns de seus trabalhos no 1º Encontro Skate Das Antigas, em São Caetano do Sul (ABC Paulista), um evento com o objetivo de resgatar a paixão underground que sempre fascinou quem gosta de esportes radicais e música alternativa.

davidbowie-edumarron

“Amo andar de skate, apavorei muito nas pistas de São Caetano do Sul e São Bernardo, no ABC, mas a guitarra falou mais alto em um determinado momento da minha vida. Foi a hora de misturar tudo o que aprendi ouvindo mestres como Hendrix, Buddy Guy, George Benson, James Brown, Djavan e também Bob Marley. Creio que a versatilidade e o ecletismo são algumas de minhas marcas como artista”, diz o guitarrista.

Marron e sua banda tocaram novamente no final de semana dia 18/04 na Galeria do Rock, no centro de São Paulo, com nova exibição de seus desenhos, onde prestou uma homenagem a gente como John Lennon, David Bowie e Janis Joplin.

Sobre o som, a melhor amostra do trabalho do guitarrista é o CD “Algum Lugar”, que é bem variado, e mostra algo difícil de se conseguir no mundo musical: o timbre reconhecível da guitarra.

É possível ver um estilo próprio no trabalho de Edú Marron, em especial quando ele parte para o ataque nos grooves, onde descamba para um funk alucinado, mas de extremo bom gosto.

janisjoplinedumarron

Edu Marron

Edu Marron

 

 

header_spy_logo

 

Edú Marron tem patrocínio da SPY Eyewear

 

Por: Surf Today / Fonte: Marcelo Moreira do Portal UOL. 

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo