Principal / Fabio Maradei / Maresia Paulista de Surf Profissional tem nova etapa nos dias 27 e 28 de agosto, em Maresias.
Maresia Paulista de Surf Profissional tem nova  etapa nos dias 27 e 28 de agosto, em Maresias.

Maresia Paulista de Surf Profissional tem nova etapa nos dias 27 e 28 de agosto, em Maresias.

image007

Principal campeonato de surf profissional no Brasil, o Maresia Paulista terá a sua segunda etapa nos dias 27 e 28 de agosto, na Praia de Maresias, em São Sebastião. Com R$ 30 mil de premiação, sendo R$ 8 mil ao vencedor, a competição também vale pontos para o ranking brasileiro, atraindo atletas de todo o litoral. Na etapa inicial, foram 104 competidores de 11 estados.

“O título paulista, sem dúvida, é o mais tradicional do País. Tem muita força, história. Grandes nomes fazem parte da lista de campeões, como o Picuruta Salazar, o Jojó de Olivença, o Renan Rocha, Renato Galvão e mais recentemente o Wiggolly Dantas, hoje no WCT. Só isso, já seria um grande atrativo”, afirma o gerente comercial da Maresia em São Paulo, Paulo Hutter. “Estamos junto com o Circuito há uma década. Isso mostra a qualidade desse evento”, complementa.

Na etapa inicial, o nível técnico foi alto, com a final reunindo dois ex-integrantes da elite mundial, Jihad Kohdr e Raoni Monteiro, segundo e terceiro colocados. A vitória foi de Peterson Crisanto, o Urso, e o quarto lugar ficou com o talento local Magno Pacheco. O atual campeão estadual, Thiago Camarão, começou bem o Circuito, com a quinta colocação, parando na semifinal.

A premiação do vencedor da etapa ainda conta com um relógio Casio G-Shock. Outra atração é a Overboard Expression Session, uma disputa descontraída antes da final, valendo a manobra mais radical, com o prêmio de R$ 1 mil. Em Guarujá, Gabriel André faturou com um aéreo. O público também é premiado com o sorteio de duas pranchas New Advance, uma para quem estiver na praia e outra para os espectadores do evento on-line, e camisetas Maresia, além da degustação do energético K Energy Drink, da Brasil Kirin.

No ano passado, em Maresias, a vitória ficou com Marcos Corrêa, superando na final Jihad Kohdr, Thiago Camarão e Robson Santos. Deivid Silva, melhor brasileiro atualmente no ranking mundial QS, ficou na semifinal, enquanto que um dos novos reforços brasileiros no WCT, Alex Ribeiro, parou nas quartas-de-final.

Vale lembrar que o Paulista de Surf Profissional está em sua 33ª edição consecutiva e desde 2007 é patrocinado pela Maresia. “Todos os brasileiros que estão hoje na elite mundial passaram pelo Circuito e hoje mesclamos a nova geração, que está chegando com atletas experientes, mantendo o surf brasileiro em atividade de alta performance”, destaca o presidente da Federação Paulista de Surf Profissional, Silvio da Silva, o Silvério, um ícone em organização de campeonatos de surf há mais de três décadas.

O Maresia Paulista de Surf Profissional 2016 tem os patrocínios da rede de lojas Overboard, Casio G-Shock, K Energy Drink e pranchas New Advance. Apoio da BeeNoculus. A realização é da Federação Paulista de Surf, com apoios do Governo do Estado de São Paulo/Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, prefeituras de Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, associações de Surf de Guarujá e de São Sebastião e Ubatuba de Surf, com divulgação da Revista Fluir e Waves.

 image008

 Por: Surf Today / Fonte:

image009 

 

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo