Principal / NOTÍCIAS / O ELENCO DO WORLD TOUR PARA 2016: OS QUE SE SEGURARAM E OS QUE SE DESPEDIRAM
O ELENCO DO WORLD TOUR PARA 2016: OS QUE SE SEGURARAM E OS QUE SE DESPEDIRAM

O ELENCO DO WORLD TOUR PARA 2016: OS QUE SE SEGURARAM E OS QUE SE DESPEDIRAM

 

O californiano Conner Coffin é uma das boas adições ao elenco do próximo ano. Foto: WSL

 

O último dia do Billabong Pipe Masters consagrou Adriano de Souza como novo campeão mundial, mas também foi decisivo em outras somatórias, e diretamente na decisão do top 22 mundial, acabando assim as dúvidas em relação ao elenco do World Tour para 2016. Muitas caras novas teremos no próximo ano na elite mundial, assim como nomes bem marcantes neste cenário fizeram a sua despedida.

Há alguns casos do um adeus definitivo, como CJ Hobgood, Glenn Hall e Fred Patacchia, que já tinha deixado o Tour durante a etapa de Trestles. Mas há também situações mais drásticas, aqui destacamos Sebastian Zietz, o surfista havaiano tem talento suficiente para estar na elite, mas acabou fora da cúpula. Mesmo depois de um heat onde ele pegou o melhor tubo do campeonato, pontuado com nota 10.

A situação dos qualificados pelo WQS já era conhecida, sendo que iremos ter um total de oito surfistas a entrarem no próximo ano, sete deles são rookies, o sangue novo está a caminho do Tour. No dia final em Pipeline a dúvida era mesmo saber se Adam Melling ainda conseguia uma qualificação milagrosa, retirando Jadson Andre do top 22. O australiano ficou muito perto de conseguir, mas acabou sendo o brasileiro a garantir a vaga.

Feitas as contas, o grande destaque vai para o aumento do número de brasileiros na elite mundial. Em 2016 serão 10! O paradigma do surf competitivo mundial está  mudando. Os brasileiros estão tomando o poder, muitas caras novas a caminho, e, quem sabe, se não haverão mais nomes experientes  chegando, com as muitas especulações em torno de possíveis e surpreendentes retiradas.

A única certeza, é aquela que fica patente no ranking mundial após o Pipe Masters, sendo que nas próximas semanas poderemos ter então mais novidades. Até porque a WSL tem dois wildcards para anunciar. Embora pareçam mais que garantidos por parte dos lesionados Jordy Smith e Matt Banting. Há ainda destaque para a grave lesão de Bede Durbidge, que poderá permitir ao primeiro suplente começar o ano a fazer quase todas as etapas do WT.

Ranking final de 2015

Top 22 (Continuam no WT):
1. Adriano de Souza

2. Mick Fanning
3. Gabriel Medina
4. Filipe Toledo
5. Owen Wright
6. Julian Wilson
7. Italo Ferreira
8. Jeremy Flores
9. Kelly Slater
10. Nat Young
11. Josh Kerr
12. Bede Durbidge
13. Joel Parkinson
14. John John Florence
15. Wiggolly Dantas
16. Taj Burrow
17. Kai Otton
18. Matt Wilkinson
19. Adrian Buchan
20. Keanu Asing
21. Michel Bourez
21. Jadson Andre

Restante ranking:
23. Adam Melling
23. CJ Hobgood
25. Kolohe Andino
26. Sebastian Zietz
27. Miguel Pupo
28. Jordy Smith
29. Brett Simpson
30. Glenn Hall
31. Ricardo Christie
32. Fred Patacchia
33. Matt Banting
36. Dusty Payne

Top 10 do WQS:
1. Caio Ibelli
2. Jack Freestone
2. Kolohe Andino
4. Miguel Pupo
5. Filipe Toledo
6. Alejo Muniz
7. Kanoa Igarashi
8. Alex Ribeiro
9. Conner Coffin
10. Ryan Callinan
10. Davey Cathels

Surfistas que continuam no Tour requalificados pelo WQS: Kolohe Andino e Miguel Pupo

Surfistas que saem definitivamente do top 34 do Tour: Adam Melling, CJ Hobgood (retirou-se), Sebastian Zietz, Brett Simpson, Glenn Hall (retirou-se), Ricardo Christie, Fred Patacchia (retirou-se) e Dusty Payne

Surfistas qualificados via WQS: Caio Ibelli, Jack Freestone, Alejo Muniz, Kanoa Igarashi, Alex Ribeiro, Conner Coffin, Ryan Callinan e Davey Cathels (Só Alejo não é rookie)

Substitutos*: Adam Melling com a primeira vaga, Stu Kennedy com a segunda vaga, Sebastian Zietz com a terceira vaga e Dusty Payne com a quarta vaga.

Wildcards*: Muito provavelmente serão para Jordy Smith e Matt Banting, que estão fora do top 22 e passaram grande parte da temporada lesionados.

* Apesar de ser esta a lógica de anos anteriores, estas ainda não são situações confirmadas oficialmente.

Por: Surf Today / Fonte: Surf Portugal.

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo