Principal / NOTÍCIAS / “Silvana Lima, a guerreira brasileira”
“Silvana Lima, a guerreira brasileira”

“Silvana Lima, a guerreira brasileira”

Aéreo nota 10 de Silvana Lima em Snapper Rocks. Foto: Kirstin
Após um 2015 disputando o Circuito Mundial da WSL, chegando em 14º lugar acabou sendo “rebaixada” para a Divisão de acesso em 2016.
Ela, sempre muito forte e com um sorriso inconfundível está lutando para voltar com tudo em 2017.
Nas duas últimas etapas do QS 6000 ela apresentou uma performance arrasadora com um surfe progressivo, conquistando 2 pódiuns (3ª colocada) somando 3.550 pontos em cada uma das etapas.
Atualmente encontra-se em 5º lugar no ranking internacional.
Fico feliz com o crescimento e evolução de Silvana, e torço muito pelo surfe feminino no Brasil apesar das poucas iniciativas dedicadas a ela em nosso calendário.
 
Vai rolar 2 etapas QS 6000 (pontuação máxima) ainda no ano, uma será a etapa de “Paul Mitchell Supergirl Pro” (Califórnia, USA) e a outra Pantin Classic Galicia Pro (La Coruña, ESP).
Vamos torcer pela nossa guerreira arrepiar e conquistar a tão merecida volta ao circuito profissional.
wsl w
 
Ressalto o surfe e radicalidade de Bronte Macaulay (Australiana com 21 anos), ela lidera o circuito mundial de acesso. 
 
Resultados da Copa El Salvador Women’s QS6000
 
1 Keely Andrew (AUS) 
2 Alessa Quizon (HAW)
3 Bronte Macaulay (AUS) 11.36
3 Silvana Lima (BRA) 9.46
5 Coco Ho (HAW) 13.17
5 Anali Gomez (PER) 9.90
5 Malia Manuel (HAW) 14.57
5 Paige Hareb (NZL) 14.06
 
Resultados em Los Cabos Open of Surf
1 Bronte Macaulay (AUS)
2 Dominic Barona (EQU) 
3 Silvana Lima (BRA) 10.67
3 Nikki Van Dijk (AUS) 5.67
5 Keely Andrew (AUS) 16.10
5 Tatiana Weston-Webb (HAW) 11.33
5 Isabella Nichols (AUS) 10.43
5 Holly Wawn (AUS) 9.67
Continue acompanhando o nosso site e a coluna, para notícias do surfe feminino.
Não concordou com algo? Curtiu o conteúdo?
Comente ! Grite ! Argumente …
 Por: Surf Today / Fonte: Lucas Barros 

 

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo