Principal / SURFTODAY RADIO / SKATE PUNK – surgia aí o sinônimo de rebeldia e de atitude.
SKATE PUNK – surgia aí o sinônimo de rebeldia e de atitude.

SKATE PUNK – surgia aí o sinônimo de rebeldia e de atitude.

O grito das ruas do skate surgiu na Califórnia no final da década de 1970, provavelmente por meio do skatista Steve Olson, que em 1978 subiu ao palco para receber o prêmio de Skatista do Ano da revista americana Skateboarder, e o rapaz de cabelos espetados, em vez de fazer um discurso, cuspiu na cara das pessoas da primeira fila.

stvolson

                                          Toda rebeldia do skatista Steve Olson

Surgia aí o sinônimo de rebeldia e da atitude do skate punk daquela época. Para Marcelo Finisguerra, que escreveu o artigo da Skate 4 Life, skatistas e punks são figuras urbanas que convivem na rua e na noite. Sempre andaram em locais proibidos e se envolviam em conflitos com a polícia.

Além do cabelo estilo punk, Olson também tinha uma banda chamada The Hood, cujo baixista migrou para o T.S.O.L (True Sounds of Liberty), e era amigo de Brian Brannon (que posteriormente se tornou editor da revista antológica Thrasher), além de fundar a lendária banda J.F.A. (Jody Foster’s Army), que disputa o pioneirismo do gênero skatepunk com os Big Boys (do skatista Gregg Murray).

A Thrasher Magazine também foi a responsável pela popularização do gênero musico-esportivo em todo o mundo, criando e divulgando a coletânea Thrasher Skate Rock, compilada pelo fotógrafo Morizen Foche, o “MoFo“, líder da banda Drunk Injuns.

skaterock

Coletânea Thrasher Skate Rock, compilada pelo fotógrafo Morizen Foche

 

Graças a esse impulso midiático, surgiram bandas como The Faction (com Steve Caballero), U.S. Bombs (com Duane Peters), Los Olvidados, Adolescents e centenas de outras que criaram um novo movimento.

De acordo com o Urban Dictionary, o skatecore é um tipo de hardcore punk que tem como característica uma base de quatro notas, bateria no estilo surf music, e guitarras rápidas que lembram Ramones.

Normalmente há uma parada no final do riff para dar ainda mais ênfase à composição.

Ainda segundo o dicionário virtual, o skate punk possui certa semelhança com o hardcore, sendo mais rápido que o punk rock tradicional. A diferença entre o skate punk e o hardcore é que o primeiro geralmente possui letras mais “animadas”, enquanto o segundo é mais agressivo.

O maior expoente do skate punk rock é a banda Suicidal Tendencies, criada pelo irmão mais novo do fundador da marca Dogtown (Jim Muir), Mike Muir, que traz o peso do som e as letras que navegam no universo do skate, como o hino Possessed to Skate (possuídos pelo skate, em tradução livre).

Suicidal-Tendencies-Possessed-To-Skat-195705

 

 

Os Grinders é a banda mais autêntica e pioneira do skatepunk brasileiro.

Além d’Os Grinders, o barulho do skate rock nacional já conheceu bandas genuinamente de skatistas, como Lobotomia (com Billy Argel), Coquetel Molotov (com Lúcio Flávio e Tatu) e Switchstance Guys (com Bob Burnquist).

 

(Assista aqui o video clip  Suicidal Tendencies – Possessed to Skate)

Sobre Passarinho

De Dj à técnico de som, passando pelo vocal da banda Munduzytribus. Locutor de campeonatos de surf no litoral sul paulista e produtor musical. A mais de 22 anos trabalhando com música, Passarinho ( André Luis), hoje é diretor da Surf Today Radio, colaborador na Surf Today Tv e escreve posts para a página da rádio.

Comments are closed.

Voltar ao Topo