Principal / NOTÍCIAS / Surf Eco Festival 2015 confirma etapa do QS 6000 em Itacaré.
Surf Eco Festival 2015 confirma etapa do QS 6000 em Itacaré.

Surf Eco Festival 2015 confirma etapa do QS 6000 em Itacaré.

Praia da Tiririca lotada no Mahalo Surf Eco Festival 2014. Foto: Fabriciano Junior – Dendê.

A cidade de Itacaré, na linda Costa do Cacau do litoral sul da Bahia, vai receber o Surf Eco Festival pelo terceiro ano consecutivo nos dias 27 de outubro a 1.o de novembro na Praia da Tiririca. A única etapa do circuito da World Surf League na Região Nordeste do Brasil confirmou a elevação do status do evento para QS 6000 e vai distribuir 150 mil dólares para os melhores surfistas de vários países que estarão competindo em Itacaré.

O festival que reúne surfe, música e ecologia, promovido pelo Grupo Dendê Produções desde 2008, ganhou mais importância esse ano e será decisivo na batalha pelas dez vagas do WSL Qualifying Series para a elite dos top-34 que vai disputar o título mundial em 2016.

“Sempre acreditamos no potencial do surfe e fomos um dos primeiros a investir no esporte no Nordeste, então temos muito orgulho em realizar um dos eventos mais antigos do Circuito Mundial no Brasil”, disse Railton Lemos, diretor da Dendê Produções e idealizador do Surf Eco Festival. “Este ano estamos muito mais animados, porque o Surf Eco Festival agora é uma etapa do QS 6000, mas nossa responsabilidade é bem maior também. Por isso, estamos trabalhando bastante para fazer um grande evento e para que atletas e público voltem para suas casas já pensando no campeonato de 2016”.

O Surf Eco Festival será o último da temporada a valer 6.000 pontos para o ranking do WSL Qualifying Series e pode decidir classificações para o CT em Itacaré. Além do show garantido de grandes estrelas e jovens promessas do esporte dentro d´água, ações ecológicas, sociais e de sustentabilidade, estarão acontecendo paralelamente na Praia da Tiririca durante os dias da semana do principal campeonato de surfe do Nordeste do país. Já o Festival de Música que é tradição na história do Surf Eco Festival, vai agitar o fim de semana em Itacaré com atrações locais e nacionais.

“A programação musical e a preocupação ecológica com educação ambiental sempre foram o diferencial do nosso evento”, destaca Railton Lemos. “Acreditamos que a mistura de surfe e música tem tudo a ver, então sempre montamos uma grade de atrações para atender aos diferentes tipos de gosto do público. E temos a preocupação também de propagar um estilo de vida sustentável. Por isso, todos os anos montamos tendas ecológicas para que as crianças não só tenham admiração pelo surfe, mas aprendam sobre ecologia e pratiquem os ensinamentos em suas casas”.

Alex Ribeiro vai defender o título esse ano em Itacaré. Foto: Fabriciano Junior

Alex Ribeiro vai defender o título esse ano em Itacaré. Foto: Fabriciano Junior – Dendê.

Campeões da história do Surf Eco Festival na Bahia

2008: Adriano de Souza (SP) no WSL 5-Star na Praia do Forte, em Mata de São João

2008: Silvana Lima (CE) no WSL 5-Star feminino derrotando Sally Fitzgibbons (AUS)

2009: Marcio Farney (CE) no WSL 3-Star na Praia da Armação do Jardim de Alah, em Salvador

2009: Alejo Muniz (SC) e Diana Cristina (PB) no WSL South America Pro Junior

2010: Coco Ho (HAV) no WSL 4-Star na Praia da Armação do Jardim de Alah, em Salvador

2010: Santiago Muniz (ARG) e Johanne Defay (FRA) no WSL South America Pro Junior

2011: Bino Lopes (BA) no WSL 2-Star na Praia de Jaguaribe, em Salvador

2011: Filipe Toledo (SP) e Gabriela Leite (SC) no WSL South America Pro Junior

2012: Krystian Kymerson (ES) no WSL 1-Star na Praia de Jaguaribe, em Salvador

2012: Deivid Silva (SP) e Rosanny Alvarez (VNZ) no WSL South America Pro Junior

2013: Halley Batista (PE) no WSL 4-Star na estreia de Itacaré na Praia da Tiririca

2014: Alex Ribeiro (SP) no WSL 4-Star na Praia da Tiririca, em Itacaré

2014: Tatiana Weston-Webb (HAV) no WSL 4-Star na Praia da Tiririca, em Itacaré

Por: Surf Today / Fonte: João Carvalho

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo