Principal / Fabio Maradei / Surfistas do Instituto Gabriel Medina podem comemorar 4 títulos na final do Hang Loose Surf Attack, em Guarujá.
Surfistas do Instituto Gabriel Medina podem comemorar  4 títulos na final do Hang Loose Surf Attack, em Guarujá.

Surfistas do Instituto Gabriel Medina podem comemorar 4 títulos na final do Hang Loose Surf Attack, em Guarujá.

Ryan Coelho. Foto: Aleko Stergiou

cópia de image001

O Instituto Gabriel Medina (IGM) vem demonstrando que o trabalho vem sendo bem feito em sua primeira temporada de atividades. A equipe pode comemorar quatro dos cinco títulos em disputa na etapa final do Nossolar apresenta Hang Loose Surf Attack, na Praia do Tombo, em Guarujá, no sábado e domingo (21 e 22). Se levar em conta a faixa etária atendida no projeto, dos 10 aos 16 anos, o aproveitamento pode ser de 100%, com conquistas estaduais na petit (sub10), estreante (sub12), iniciante (sub14) e mirim (sub16).

O IGM chega à decisão com três atletas liderando suas categorias: Murillo Coura na sub10, Guilherme Fernandes, na sub16 e Daniel Adisaka na sub16. Além disso, Ryan Coelho é o vice-líder da petit, matematicamente empatado com Murillinho. Na iniciante, Caio Costa aparece em terceiro, ainda com boas chances de erguer a taça, assim como fez ano passado na sub12. O mesmo Caio ainda está na briga na mirim, junto com Fernando John John.

No total, o time do projeto iniciado em fevereiro deste ano na Praia de Maresias competirá com 17 atletas, com limite de 16 anos. O técnico Alex Leco ressalta a importância de ter surfistas na disputa direta por quatro títulos. “Representa muito. Chegar na etapa decisiva do Paulista, que é reconhecido o mais sólido circuito nas categorias de base no cenário nacional, significa que estamos no caminho certo”, comenta.

“A gente sabe do histórico de grandes atletas que estão hoje no WCT e passaram pelo campeonato”, reforça Leco, destacando alguns atletas. “Boto muita fé no Guilherme Fernandes. Tomara que consiga fazer um grande resultado. Vamos tentar deixar ele bem concentrado e confiante para realmente conquistar este título”, diz.

Na mirim, o técnico lembra a experiência de Daniel Adisaka no Mundial Júnior, no Japão, agora em outubro, e Fernando John John, que sempre vem competindo bem. “O Dani vem ganhando condição técnica. Acredito bastante nessa disputa. Quem sabe até uma dobradinha nas duas primeiras posições”, referindo-se a John Jon.

“O Caio ainda é iniciante e chega em duas categorias, tem surfado bem, só precisando encaixar. Na iniciante ainda temos o Cauã Gonçalves e o Rodrigo Saldanha, que podem terminar entre os top 4”, explica o técnico do IGM. “Na petit, temos nossas pequenas jóias. Teremos um bom confronto e vejo os dois com muitas possibilidades”, acrescenta Leco, que estará acompanhado do treinador Gilmar Pulga.

Também estarão representando o IGM os surfistas Eric Bahia, Heitor Duarte, Davi Reina, Renan Rodrigues, Higor Souza, Gabriel de Souza (que venceu uma etapa na estreante), Lucca Cassemiro, Kauai Lobato e Pedro Bianchini. “Estou muito feliz mesmo de poder fechar o ano com grandes resultados nesse evento”, finaliza.

CONECTE-SE COM O INSTITUTO GABRIEL MEDINA:

 www.institutogm10.com.br

www.facebook.com/institutoGM10

www.instagram.com/institutogm10

www.twitter.com/institutogm10

www.flickr.com/photos/gabrielmedina10

www. youtube.com/institutogabrielmedina

image008

Por: Surf Today/ fonte: 

image027 

 

 

Sobre JR Mirabelli

Comments are closed.

Voltar ao Topo